Segundo o Órgão VIVA, 58% dos Acidentes Domésticos são Causados por Quedas

Segundo o Órgão VIVA, 58% dos Acidentes Domésticos são Causados por Quedas

 

2014 já está se despedindo, deixando para a Poli-Redes, a sensação de gratidão e do dever cumprido por ter prestado neste ano o melhor dos seus serviços de fornecimento e instalação de redes e telas de proteção para o público preocupado com o risco de acidentes. E diante deste compromisso com a comunidade, a Poli-Redes está renovando as suas estratégias para 2015 visando intensificar a conscientização sobre a prevenção de acidentes, mostrando o quanto é importante tomar medidas que podem evitar tragédias e poupar vidas. Por isso, muito mais do que vender e instalar telas e redes de proteção, a missão da Poli-Redes com você é zelar pela sua segurança e de sua família porque, acidentes envolvendo crianças, idosos, adultos e até animais domésticos são imprevisíveis.

Um dos motivos desta preocupação da Poli-Redes com sua clientela se refere aos dados divulgados pelo Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva), órgão vinculado ao Governo Federal, que registrou recentemente 15.098 atendimentos por acidentes domésticos encaminhados ao Sistema Único de Saúde. Deste total, 58% dos casos eram quedas, cujo índice é alarmante.

Por isso que o compromisso da Poli-Redes está focado em conscientizar a população sobre o uso preventivo das telas e redes de proteção para cobrir janelas, varandas, coberturas de quadras e áreas residenciais, piscinas e demais locais propícios a acidentes que podem custar vidas. Portanto, a Poli-Redes vai persistir nesta missão em 2015, pensando na sua segurança e de sua família. Boas Festas e Próspero Ano Novo!

   

Categories: segurança

Tags: , , ,

    Leave a Comment

    Ne alii vide vis, populo oportere definitiones ne nec, ad ullum bonorum vel. Ceteros conceptam sit an, quando consulatu voluptatibus mea ei. Ignota adipiscing scriptorem has ex, eam et dicant melius temporibus, cu dicant delicata recteque mei. Usu epicuri volutpat quaerendum ne, ius affert lucilius te.

    Comentários

      Categorias