Redes de proteção para edificações

As redes de proteção para janelas, sacadas, escadas, mezaninos, parapeitos e floreiras, contam com uma norma técnica que regulamente sua instalação e seu uso. Isto também é aplicado as redes destinadas à segurança e proteção em edificações.

Esta rede é essencial porque protege e evita que as pessoas que permaneçam ou circulem em uma área de edificações corram o risco de sofrer uma queda inesperada, sem no entanto impedir sua passagem voluntária. Estas redes são formadas por um conjunto de malhas não metálicas entrelaçadas que garante a segurança.

As redes de proteção para edificações contam com três normas técnicas que regulam a utilização e o objetivo destas redes quando da instalação e estão inseridas na norma número 16046 de 2012 da Associação Brasileira de Norma Técnica (ABNT) e é dividida em três partes.

A primeira parte trata da questão da fabricação das redes de proteção de edificações. Esta norma específica requisitos mínimos para a fabricação de redes de proteção para edificações.

A parte dois da ABNT 16046 trata do tipo de corda para instalação da rede de proteção para edificações. Esta Norma especifica os requisitos mínimos de fabricação das cordas utilizadas para a instalação das redes de proteção.

Por fim, a terceira parte da Norma que trata das redes de proteção de edificações destaca o processo de instalação. Ela especifica os requisitos mínimos para instalação de redes de proteção para edificações, fabricadas de acordo com a ABNT NBR 16046-1.

Categories: Equipamentos de segurança, janelas, janelas e sacadas, manutenção das redes, prevenção, rede de proteção, rede de proteção no trabalho, redes de proteção em edificações, segurança, telas de proteção

Tags: , ,

Categorias