Quadras precisam de redes de proteção

Engana-se quem pensa que não há necessidade de se instalar redes de proteção nas quadras poliesportivas e áreas de lazer da criançada.

O recado é da Poli-Redes, a empresa mogiana que trabalha há mais de 10 anos na venda e instalação de telas e redes de proteção para quadras, piscinas, sacadas, etc.

De acordo com o ponto de vista da Poli-Redes, a utilização das redes para estes locais frequentados por esportistas e crianças, se torna fundamental para evitar a perda de bolas e outros transtornos como, por exemplo, da bola cair na casa de algum vizinho e gerar aborrecimentos e até tragédias, como uma que aconteceu em Pernambuco há dois anos.

De acordo com a imprensa pernambucana, um menino de apenas 10 anos de idade foi morto a facadas pelo vizinho, em Camaragibe, porque a bola de futebol caiu no quintal da casa dele. A vítima ainda foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), da Avenida Caxangá, mas não resisitiu aos ferimentos.

De acordo com familiares da vítima, o vizinho não teria gostado da presença do menino no quintal dele. Irritado, deu vários golpes de faca na criança. E tudo isso por causa de uma bola que, acidentalmente, caiu na casa do assassino.

Alguns acidentes ou situação de violência geralmente poderiam ser evitadas com simples medidas de segurança, como redes e telas de proteção em quadras e locais de lazer.

Então, para evitar transtornos, entre em contato com a Poli-Redes, onde a equipe de profissionais te prestará um atendimento personalizado e dinâmico, mostrando as opções de redes que você pode colocar na área de lazer da sua casa. Basta apenas clicar aqui.

Categories: manutenção redes de proteção, prevenção, rede de proteção quadras, segurança

Tags: ,

    Leave a Comment

    Ne alii vide vis, populo oportere definitiones ne nec, ad ullum bonorum vel. Ceteros conceptam sit an, quando consulatu voluptatibus mea ei. Ignota adipiscing scriptorem has ex, eam et dicant melius temporibus, cu dicant delicata recteque mei. Usu epicuri volutpat quaerendum ne, ius affert lucilius te.

    Comentários

      Categorias